ATO E ASSEMBLEIA PRESENCIAL EM SÃO FRANCISCO DO CONDE

Os Servidores Públicos de São Francisco do Conde realizaram durante a manhã de hoje (02/03/22) mais um ato público & assembleia em busca de condições dignas de trabalho e reajustes salariais para melhor atender a população sanfranciscana!!

Servidores Concentrados no Portal da Cidade de São Francisco do Conde-Ba.

Dentre as pautas, o funcionalismo público reivindica:

– Pagamento das progressões verticais e horizontais (triênio, quinquênio e títulos) vigentes as todos os servidores públicos;

– Data base aos servidores públicos;

– Novo Piso Nacional da Educação;

– descongelamento da VPNI;

– continuidade das negociações em relação ao desmonte do plano de cargos e salários feitas em 2019.

O Ato teve concentração às 9h em frente ao Portal da Cidade, onde os servidores utilizaram faixas, apitos e adereços carnavalescos para denunciar o descaso da gestão municipal com relação ao funcionalismo público.

Após a concentração, os servidores caminharam, de forma organizada, até a frente da SEDUC, onde foram feitas algumas indagações com relação as escolas municipais e qualidade de ensino.

Servidores em frente à Secretaria de Educação (SEDUC) em São Francisco do Conde-Ba.

Posteriormente, os servidores seguiram até a Praça Domingos Santana, ao lado da SEDUC, onde foi realizada a Assembleia Geral Extraordinária.

Servidores na Assembleia Geral Extraordinária.

Nessa Assembleia, foi feita uma anamnese de todas as perdas salariais que os servidores municipais tiveram ao longo desses últimos três anos, e por isso, a necessidade dessa assembleia, com indicativo de paralisação e, caso não houvesse nenhum retorno por parte da gestão, entraríamos em greve por tempo indeterminado.

A direção do SINDSEFRAN colocou que nossas ações já estavam surtindo alguns efeitos, e por conta disso, na segunda (28 de fevereiro) houve uma reunião com o poder executivo, juntamente com o Procurador Municipal, a secretária de Educação e alguns membros da gestão para começar um diálogo com o sindicato. Contudo, o gestor municipal solicitou que o sindicato esperasse mais uma semana, para que eles terminem alguns estudos com relação ao que estamos cobrando, por isso, ficou firmado que no dia 08 de março de 2022 haveria uma reunião com o executivo municipal e a comissão de negociação para que possamos alinhar e de fato, concretizar as demandas cobradas. 

Com isso, foi deliberado em Assembleia que iríamos aguardar essa reunião, mas que no dia 8 de março, as categorias estariam atentas aos acontecimentos, e que no dia 09 de março, haveria uma Assembleia Geral para que possamos deliberar novas ações, e que, se não houver avanços, as aulas nem começam.

Ou o poder executivo nos ouve, ou São Francisco para!!

No final, foi distribuída a CARTA ABERTA para comunidade. Para ter acesso a carta na íntegra, acesse o link…

https://docs.google.com/document/d/1yJ8JOblca3s2FHA1LXm4IiAmMjkSv_T6/edit?usp=sharing&ouid=113069178705169318153&rtpof=true&sd=true

A luta continua!

Nos sigam em nossas redes sociais.

https://www.instagram.com/p/Cam8MF_rk8c/?utm_medium=share_sheet

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*